Como transformar conhecimento em conteúdo?

Marketing não se resume apenas a vender o seu produto! Essa é uma das afirmações que regem o conceito do “marketing de conteúdo”. Você tem pleno domínio da sua área de atuação, por que não transformar esse conhecimento em informação para o seu público?

Conteúdo é rei? Então dá-lhe conteúdo!

Há várias maneiras de fazê-lo. Aliás, o texto que você está lendo neste momento é um excelente exemplo! Pegamos algo que sabemos, transformamos em texto e compartilhamos com você! Mas como organizar esse conteúdo? Muitos profissionais têm dúvidas sobre como transformar um conhecimento vasto em pedaços menores e digeríveis.

Primeiro, sugerimos que escolha um assunto que seja interessante para seu público-alvo. Descubra o que exatamente seu seguidor deseja saber e o que ele realmente precisa saber. Você notará que nem sempre as respostas são as mesmas. Se perceber uma disparidade muito grande, você pode estar diante de uma lacuna de informação. Essa será uma excelente oportunidade de mostrar o outro lado da história para seu público!

Idealmente, você terá uma situação problema e uma solução. O exemplo no vídeo acima ilustra bem esse conceito. A DERMAClean é uma clínica de medicina estética, então lipoaspiração é um assunto bem pertinente. Muitas pessoas vão até a empresa para pedir essa cirurgia como uma forma de emagrecer (é o que desejam saber). Entretanto, esse não é o objetivo da lipoaspiração (é o que eles precisam saber).

Organizando as ideias:

Resultado de imagemOK, você agora sabe o que falar! Ótimo! Agora precisa fazer seu público entender o que você quer passar. Uma abordagem utilizada por grandes nomes do empreendedorismo, como Steve Jobs, é a Jornada do Herói ou monomito.

Bem, não é uma aplicação literal do conceito (como na imagem ao lado), mas uma adaptação simplificada dele para nossas necessidades.

Dentro da realidade que estamos tratando neste texto, podemos resumir tudo em três momentos:

  1. A introdução do tema (contextualização, equivalente ao ato 1);
  2. Apresentação do problema (a lacuna de informação, equivalente ao ato 2);
  3. Solução do problema (a informação em sí, equivalente ao ato 3).

Agora espalhe o conhecimento!

É claro que você não é obrigado a seguir essa fórmula, ela é apenas uma referência para facilitar a abordagem do conteúdo. Uma vez que você sabe o que falar e como falar, ai é só escolher o meio! Pode ser um texto como esse, pode ser um vídeo como o supracitado, pode ser um ebook… Solte a criatividade!

, , , ,

Confira também:

Menu