Instagram: A história por trás do Stories

As Stories do Instagram são um completo sucesso para a plataforma, com mais de 400 milhões de usuários ativos por mês registrados em junho. Mas você sabe as origens, a história por trás dos Stories?

“O Snapchat merece todo o crédito”

Enquanto é inegável a inspiração da plataforma pelo fantasminha (tanto o nome quanto a função em si são cópias quase exatas do Snapchat)), a trajetória até o lançamento desse recurso é bem mais longa e justificável. O próprio CEO do Instagram, Kevin Systrom, deixou isso bem claro:

“Quando você é um inovador, é incrível! Do mesmo jeito que o Instagram merece todo o crédito por trazer filtros para a linha de frente. Não se trata de quem inventou o quê, trata-se de um formato e de como você o leva a uma rede e cria sua própria perspectiva sobre ele. Certamente, o Snapchat merece todo o crédito.”
~ Fonte: Techcrunch

O CEO ainda adentra no contexto de inovações ao longo da história das redes sociais: O feed de notícias do Facebook, as hashtags do Twitter e como várias outras redes sociais (como o Linkedin e o próprio Instagram) adotaram esses conceitos. Só que eles atualmente se comportam de formas bem distintas e servem propósitos diferentes.

A briga é antiga!

PokeNo entanto, a sede pelo posto do Snapchat de “rede social do momento” não é novidade dentro dos escritórios do Facebook (atual dono do Instagram). A gigante das redes sociais vem tentando, desde o surgimento do fantasminha, conquistar os fãs das fotos autodestrutivas!

A primeira tentativa foi em 2012 com o lançamento do Poke, um app exclusivo para iOS. O Snapchat ainda estava começando naquele tempo, mas já contava com uma curva de adoção alta. Vendo isso, o Facebook decidiu não esperar o fantasma virar assombração e preferiu tentar combatê-lo enquanto pequeno. Contudo, sabemos que não vingou…

SlingshotDescontente com o resultado do Poke e, com o crescimento do concorrente, a gigante tentou, em novembro de 2013, comprar o Snapchat por US$3 bilhões. A oferta foi recusada e eles tentaram investir de novo com outro app chamado Slingshot no início de 2014. Falharam, tentaram de novo em 2015 com o Riff e falharam de novo!

Hoje, a divisão Creative Labs do Facebook, mãe da maioria desses e de outros apps que não emplacaram, está fechada. Sobrou para eles o inevitável, o que todo mundo esperava: Passar a missão para o Instagram!

instagramE o Instagram entregou!

Além do fato de o Stories não ser uma plataforma independente como o Poke, Slingshot e Riff, há uma distinção importante na abordagem adotada pelo Instagram: Ele não reinventou a roda! Quem já estava familiarizado com o Snapchat, se sente em casa com a novidade!

Vendo o sucesso dos Stories no Instagram, o Facebook resolveu incorporar o recurso nas demais redes sociais que vivem sob seu guarda-chuva. Entretanto, nenhuma delas teve a mesma adoção. Não se sabe ao certo por que só o Instagram realmente emplacou, mas enfim…

O que define agora quem vai sair vitorioso (Snapchat ou Instagram) é você! A utilidade é a mesma: Você pode usar um ou outro para mostrar um pouco do dia-a-dia da sua empresa, propor um voucher de desconto… solte a criatividade! Mas lembre-se sempre de quem é seu público e de onde ele está!

, , , ,

Confira também:

Menu