Anúncio reprovado no Facebook? Saiba o que fazer

Se você usa o Facebook Ads em suas campanhas, é provável que você tenha um anúncio reprovado em algum momento da sua trajetória. Há momentos, no entanto, em que a plataforma não reprova, mas penaliza sua peça para desencorajar práticas que a rede social considera indesejáveis. Com isso, você pode perder dinheiro!

O Facebook possui regras bastante rigorosas a respeito do que vai ao ar em sua plataforma de social ads. Portanto, é muito comum ver pessoas se queixando quando têm algo reprovado pela rede social. Mas o que houve de errado?

De quem é a culpa?

Nos tempos da mídia impressa, a norma era tirar o melhor proveito possível do espaço disponível. Seja na página de jornal, panfleto, banner, outdoor… A missão era puramente ser visto de alguma forma, seja usando letreiros enormes ou espremendo dúzias de parágrafos!

Todavia, a lógica muda na transição para o marketing digital! Textos e logos saem das imagens para a descrição e incentiva-se o uso de imagens clean. Só que muitas vezes trazemos o conceito da mídia impressa para a digital. Como resultado, é muito comum ver seu anúncio reprovado em função dessa diferença de comportamento.

O vídeo acima explica isso em detalhes. Muitas vezes, o problema do anúncio é relacionado à densidade de texto no design do anúncio em questão. Acontece que, ao contrário do design voltado à mídia impressa, social ads primam pelo foco em peças mais simples, com o mínimo de texto!

Anúncio reprovado ou penalizado?

O Facebook estabeleceu que o texto na imagem de um anúncio não deve extrapolar 20% de sua área. Nesse contexto, era muito comum reprovar peças que passavam desse valor. Hoje ainda vemos muitas imagens com textos grandes, mas por quê?

anúncio reprovado

A justificativa é que o Facebook passou a permitir esses “infratores”, mas com a seguinte penalização: perda de dinheiro! Como você pode ver na tela acima, há níveis de reprovação baseados em quanto texto sua peça contém. Resolvemos exagerar em nossa imagem de testes e o resultado não poderia ser outro: nosso anúncio seria reprovado!

O que fazer então?

A melhor forma de conferir se seu anúncio será aprovado, penalizado ou reprovado é testando-o! Você pode fazer isso na ferramenta do Facebook chamada Text Overlay. Ela mostra, tal como na tela acima, se sua imagem será aprovada ou não.

Veja que o Facebook é bem claro sobre como suas diretrizes funcionam em seus parágrafos de ajuda. Use o mínimo de texto ou, melhor ainda, não use texto algum! Os elementos descritivos que as plataformas de publicidade digital oferecem são perfeitos para colocar o que iria para a imagem!

grade

Todavia, caso você queira insistir, é possível ter uma ideia da área preenchida pelo seu texto. Basta fazer uma grade de cinco linhas e cinco colunas (como a da imagem acima) em seu editor favorito. Essa grade dividirá sua peça em 25 células, cada uma correspondendo a 4% da área total (100/25=4%). Dai basta conferir se seu texto ocupa mais do que cinco células!

Veja que, no exemplo da tela acima, o texto ocupou quinze células. Fazendo as contas, são 60% do total, três vezes a área sugerida. Era assim, inclusive, que o Text Overlay funcionava antes da última atualização! Portanto, ressaltamos novamente que seu texto deve ocupar no máximo cinco dessas células, já que 5×4%=20%.

O uso da grade e do sistema de células é uma aproximação grotesca. Consequentemente, nada impede que sua imagem seja reprovada estando dentro de cinco células ou aprovada com mais que isso.

Mesmo assim…

Vale ressaltar que esse método não é à prova de falhas e deve ser usado apenas como referência. Por exemplo, é possível que um trecho do texto ocupe apenas parte de uma célula ou esteja inclinado. Tudo sem falar que a inteligência artificial e reconhecimento de texto do Facebook usa uma verificação mais robusta.

Além do mais, vale ponderar a real necessidade de se produzir uma peça elaborada com textos. A internet no geral vem valorizando o uso das fotos para fins descritivos (mesmo que sejam com seu próprio celular). São uma opção fácil e rápida (por exigir pouca/nenhuma edição) e certamente serão aprovadas pelo Facebook!

, , , , ,

Confira também:

Menu