IGTV: como usar a nova plataforma do Instagram!

Se você é usuário do Instagram, provavelmente já notou o ícone no topo do app. O IGTV foi anunciado no ano passado como um potencial concorrente para o YouTube. Mas como funciona a nova plataforma e como colocar conteúdo nela?

O que é esse IGTV, afinal?

Resultado de imagem para igtvIGTV, ou Instagram TV, é uma seção do Instagram dedicada a vídeos. Mas não são vídeos quaisquer! Nela, é possível inserir vídeos bem mais longos do que o típico limite de um minuto. Isso porque o serviço pretende funcionar como uma televisão, em que cada perfil pode ter um canal.

Bem similar ao YouTube, não é? Pois é justamente essa a finalidade do IGTV! O Facebook, empresa dona do Instagram, há muito tempo tem desejado tomar o posto do serviço de vídeos do Google. Isso porque o YouTube é o segundo site mais acessado do mundo, atrás somente do próprio Google.

Mas as semelhanças com o YouTube não vão muito longe. Enquanto o mercado tenta abolir os vídeos verticais, o IGTV viu neles o futuro do consumo de mídia no celular! Isso vai na contramão do próprio concorrente, que ainda sente dificuldades em abraçar a ideia.

Enfim, para usá-lo, você pode clicar no ícone dentro do Instagram ou baixar o app dedicado! Lá dentro, as coisas funcionam similarmente ao Instagram. Você pode curtir e comentar vídeos ou compartilhá-los via Direct. Os vídeos propriamente ditos funcionam como as postagens ao vivo nas Stories, você avança ou volta com cliques na tela.

Para mudar de vídeo, basta deslizar para cima e revelar o menu de navegação. Dali você tem vídeos recomendados, populares e de perfis que você segue e é possível buscar por conteúdos específicos também!

E como coloco vídeos nele? É uma boa ideia?

Resultado de imagem para igtvAssim como no YouTube, você precisará criar um canal para postar no IGTV. Clique na engrenagem próxima ao campo de busca para ver a opção “Criar canal”. Quanto aos vídeos em si, valem algumas recomendações…

A primeira é que a plataforma terminantemente não aceita vídeos na horizontal. Se insistir em fazê-lo, o aplicativo cortará seu vídeo e a qualidade cairá consideravelmente. Isso significa que vídeos para o IGTV precisam ser concebidos dessa forma, especificamente para ele.

Outro ponto para reflexão é que o serviço ainda não monetiza vídeos como o YouTube. Até o presente momento, só é possível faturar através de parcerias de marca. Entretanto, há planos para algo do tipo no futuro.

O veredito? Por enquanto, o IGTV é uma plataforma jovem demais para dizer se esforços dedicados a ela trarão frutos ou não. Todavia, vale ressaltar que, caso o serviço realmente cresça nos próximos anos, serão os investimentos de hoje que colherão tais frutos!

, ,

Confira também:

Menu