Email marketing: fazendo do jeito certo!

O email marketing é um dos métodos mais antigos e presentes de publicidade na internet. Mas, mesmo tendo surgido quase em conjunto com a popularização dos correios eletrônicos, a forma como é exercido mudou drasticamente nos últimos anos e se tornou mais importante do que nunca. Afinal, por que toda essa importância e por que sua empresa precisa dele?

O novo email marketing

email marketingCom a vinda dos social ads e de novos conceitos como o Inbound Marketing, o email marketing caiu como uma luva nesse contexto. Quando usado em conjunto com outras formas de publicidade, ele não só ajuda a aproximar o contato com seus clientes, também enriquece sua propaganda como um todo.

Se fizer da forma adequada, o email marketing pode ser usado para fins que vão desde a manutenção do engajamento dos clientes com a marca e assegurar vendas até a oportunidade de oferecer abordagens diferenciadas para quem está mais próximo de adquirir seu produto/serviço. Se você precisa aprofundar o relacionamento com seus clientes e garantir a fidelidade deles, você precisa de email marketing!

Caso você pense que o discurso aqui se parece muito com o do nosso texto sobre Inbound Marketing, é porque os dois assuntos não só se tangenciam, como estão intimamente relacionados! Um bom email marketing é comumente associado a um bom Inbound Marketing e vice-versa!

Como funciona?email marketing

1ª fase: captação

A primeira coisa a ser feita para entrar em contato com seus clientes é… conseguir o email deles! Há várias formas de se obter isso: Talvez você já tenha uma lista, mas será necessário expandi-la de alguma forma. O email marketing, para dar certo, não deve vir sozinho, então você precisará – como já dissemos – de algumas das ferramentas de Inbound Marketing, como landing pages, para conseguir mais clientes em potencial e, consequentemente, mais emails!

2ª fase: geração de conteúdo

Depois que você tem um público definido, está na hora de nutri-lo com conteúdo de qualidade. No entanto, vale tomar cuidado com os parâmetros que ditam se um email é um spam ou não. Dependendo da ferramenta de email marketing que estiver usando, você ainda terá informações de como seus clientes interagem com sua mensagem (se abriram, se leram, se arquivaram, se foi parar na caixa de spam). Se tudo der certo, mais e mais pessoas vão gostar das dicas que chegam em suas caixas de entrada e procurarão sua empresa para conhecerem melhor!

Bônus: Direcionamento de campanha

Depois que você conseguir muitos emails, você pode usá-los para construir um público direcionado em redes como o Facebook ou Google AdSense. Com os perfís dos donos dos endereços, as plataformas mencionadas constroem o padrão de comportamento e encontram automaticamente outras pessoas com os mesmos quesitos! Isso é excelente para fazer anúncios mais certeiros e gastar menos (já que haverão menos pessoas desinteressadas recebendo sua propaganda em vão)!

Mas como executar isso tudo?

É claro que você não precisa anotar todos os emails e realizar os disparos a mão! Como tudo que envolve o marketing atualmente, há ferramentas para te auxiliar em todas as etapas! A ferramenta mais conhecida, no ramo de email marketing, é o MailChimp!

Ele te ajuda em todas as etapas do email marketing. Da criação de landing pages e listas de emails até os disparos e métricas que você precisa! A maioria de seus recursos são gratuitos até que você ultrapasse a marca de 2.000 seguidores ou 12.000 emails por mês. Se sua empresa passar disso, provavelmente você já concretizou vendas suficientes com ele para justificar um plano pago!

, , , , , ,

Confira também:

Menu