Audiência abelha vs audiência mosca?

Conhecer bem o público-alvo é uma das preocupações mais básicas de qualquer empresa. Dados demográficos, preferências, tudo isso contribui para a elaboração de uma boa estratégia. Mas neste texto queremos introduzir uma variável a mais: mosca ou abelha? Quem é sua audiência?

Nós já falamos muito aqui no blog a respeito de como construir sua persona e como humanizar seu canal. Essa reflexão é um pouco diferente, pois agora estamos falando de um comportamento bastante subliminar do seu consumidor e que certamente deve ser considerado na forma como sua empresa age. Com isso dito, vamos esclarecer isso:

Afaste as moscas!

moscasPense no comportamento das moscas: curiosas, seguem com o único objetivo de obterem algo para si e, quando não há mais nada, vão embora. Muitas vezes são pessoas pouco engajadas no ramo da sua empresa, mas que veem potencial lucrativo e querem investir nele. Como ainda não entendem muito do assunto, essas pessoas precisam recorrer a empresas como a sua para aprender a precificar e a vender. Você já se deparou com um concorrente que ia à sua empresa apenas para conseguir informações que beneficiassem a si próprio? Assim são as moscas!

Nem sempre elas serão concorrentes diretas da sua empresa. Há muitos empreendedores que, precisando entender melhor um determinado mercado — não necessariamente para competir nele — sondam as empresas daquele meio. O resultado são vários orçamentos feitos em vão, longas conversas e nenhuma conversão!

Outro tipo de mosca é a procrastinadora. Essas vão ficar sobrevoando a sua empresa e seus concorrentes, cientes que precisam do seu produto, e só! As procrastinadoras ficam adiando a compra indefinidamente e sondando mais e mais negócios até irem embora. Se sua empresa produz conteúdo, é ainda mais provável que você já tenha encontrado uma delas simplesmente interagindo em suas postagens, tentando aprender passivamente.

Atraia as abelhas!

abelhasEm contrapartida, o comportamento das abelhas é caracterizado pela polinização e socialização e isso também vale para sua audiência! Uma abelha absorve seu conteúdo e/ou compra seu produto ou serviço. Mais do que isso, elas ajudam sua empresa a atrair novas abelhas porque gostam do que você faz! São o sonho de qualquer empreendedor!

Veja que não estamos necessariamente dividindo sua audiência entre quem comprou ou não. Existem, por exemplo, abelhas que nunca compraram da sua empresa: são os evangelizadores e eles não são menos importantes! Embora eles nunca tenham contribuído diretamente, muitas vezes eles convertem outras pessoas!

Mudando sua audiência!

Em primeiro lugar, não descarte as moscas! Lembre-se que sua empresa deve atender a todos. Nesses casos, tenha essas informações de prontidão e não tenha medo de fornecê-las a essas pessoas — afinal, seus preços já devem estar disponíveis de alguma forma, seja no seu site ou através de alguém que já tenha comprado seus serviços — e pense que isso é um bom sinal: Se outras empresas copiam a sua, significa que você está mudando o mercado!

No caso das procrastinadoras há mais um motivo para não as descartar: elas podem ser abelhas um dia! Há situações em que justamente a falta de uma boa comunicação desmotiva um consumidor em potencial! Portanto, sempre faça um cadastro de quem entrar em contato com seu negócio e mantenha um relacionamento! Lembre-se que, se você não transformar a mosca em abelha, outra empresa poderá fazê-lo!

É crucial, nesses momentos, que sua empresa tenha estratégias sólidas de remarketing e invista em inbound marketing. A ideia é manter a presença da sua empresa constante para essa futura abelha não esquecer de você e um relacionamento que dê qualidade a essa presença!

Entretanto, é importante ressaltar que essa conversão pode ser mais difícil dependendo do mercado em que sua empresa atua. Se sua empresa vende automóveis ou painéis fotovoltaicos, por exemplo, é natural que boa parte do seu público fique sobrevoando em vez de polinizar. E aí, como voa sua audiência?

Confira também:

Menu