Como humanizar sua comunicação e vender mais

OK, você já sabe que precisa das redes sociais para vender e que uma boa comunicação é essencial para ter sucesso. Daí você olha para o perfil da sua empresa e se pergunta “por que não está dando certo?”. Mas a pergunta certa seria: o que você tem feito para humanizar essa comunicação?

Na pele do seu cliente!

A experiência do usuário (ou UX), uma das áreas de atuação que mais cresce no mundo (junto com ciência de dados) e parte inteiramente da premissa de olhar um negócio do ponto de vista do usuário — seja ele o cliente, consumidor ou prospecto. Você mesmo, ao entrar em sites ou perfis de outras empresas como usuário, já deve ter se frustrado ou pelo menos notado falhas de comunicação ou de navegação que te impediram de realizar uma compra.

Experimente se colocar na pele do seu cliente: Entre no seu canal como se fosse a primeira vez que você ouviu falar na sua empresa; Qual é o produto/serviço oferecido? Por que eu deveria comprar dessa empresa em vez de uma concorrente? Quem são as pessoas com que precisarei me relacionar nessa compra? Como eu compro esse produto/serviço? Não precisa responder tudo em um único post, mas a mensagem deve ser clara na página de uma forma geral.

Idealmente, essas seriam perguntas feitas a um usuário de verdade em um “teste de usabilidade”. Mas esse exercício, mesmo que seja feito consigo mesmo, é importantíssimo para identificar o que há de errado com a sua abordagem.

Empresas humanas…

Além do que foi dito até agora, outro ponto chave dessa discussão é o fato de que a maioria das compras não são feitas tão diretamente. Você provavelmente já acompanhou os posts de empresas porque genuinamente gosta do conteúdo que elas compartilham. Mas já se perguntou se sua persona gostaria de acompanhar o seu conteúdo?

Pois é, quando falamos de relacionamento, falamos de algo que ocorre entre pessoas. Se não há pessoas na linha de frente da comunicação do seu negócio, não há com quem se relacionar. Isso é humanizar a sua comunicação!

Então se você é daqueles que dedicam o Instagram e Facebook para postar panfletos e outras mídias impressas, o exercício acima deve ajudar a enxergar a ineficácia desse formato. Você seria capaz de responder a todas as perguntas acima apenas usando panfletos? Talvez; Mas você seria capaz de construir um relacionamento desse jeito? Certamente não.

Outro hábito comum e também ineficiente é o de usar fotos de bancos de imagens na internet, com textos e o logotipo no canto. Enquanto esse formato é um pouco mais apropriado para fornecer informações, ele ainda peca na capacidade de diferenciar e humanizar o seu negócio que viemos abordando neste texto. Contudo, não significa que você não deva fazer isso em circunstância alguma: tudo depende do público-alvo e dos objetivos que você traçou!

Humanizar também é vender, mas calma…

O maior problema, quando resolvemos investir na comunicação da empresa, é que focamos mais em vender do que em relacionar. Só que é justamente o relacionamento que faz clientes voltarem e recomendarem a seus amigos! Sim, eles percebem quando há essa mudança de foco e muitas vezes decidem suas compras com base nessa filosofia!

O importante aqui não é simplesmente fazer uma imagem bonita ou simplesmente ter alguma coisa aparecendo no feed do seu cliente de tempos em tempos. Humanizar é colocar pessoas à frente da comunicação e estabelecer um relacionamento com isso!

Faça vídeos mostrando os bastidores do que acontece na sua empresa, informando e dando dicas, faça bom uso das legendas, tenha um interlocutor de marca! Mas, novamente, não entre nesse formato apenas pela perspectiva de venda! E, se estiver cético sobre o assunto, faça testes! Observe seus KPIs, com e sem humanizar o seu canal!

, , ,

Confira também:

Menu