Editorial: o que é e como construir o seu?

Você já reparou como jornais, revistas e outros meios de comunicação abordam uma ampla diversidade de assuntos? Isso se chama editorial e sua empresa, assim como os meios citados, também precisa construir o seu. Antes disso, no entanto, você precisa entender melhor como isso funciona!

O que é um editorial?

Assim como uma banda, todo canal de comunicação precisa de um repertório que abrange vários temas. Esse é o editorial, é o repertório da sua empresa! Quando se trata da comunicação de um negócio, é importantíssimo ter variedade de assuntos para oferecer a seu público!

Agora pense na mais famosa empresa do seu ramo de atuação: como é o conteúdo dela?’ Se ela possui investimentos estratégicos em comunicação digital, é provável que ela varie bastante em suas postagens. Isso acontece porque ficar o tempo todo vendendo seu produto torna sua página monótona!

O vídeo acima mostra um exemplo de editorial, em que são utilizados elementos que cercam o produto em questão. Espaço, atendimento, procedimentos de trabalho…

A proposta, neste caso, foi desenvolver tudo simplesmente utilizando o smartphone. Assim, foram utilizadas fotos e vídeos feitos e editados com o celular.

Mas não saia copiando!

Cada empresa possui seu público-alvo, filosofia e objetivo bem estabelecidos. Esses fatores não são universais a empresas do mesmo ramo e precisam ser pensados para cada caso!

Portanto, não use o mesmo formato da sua concorrente (muito menos as postagens deles)! Isso o impedirá de visualizar as particularidades da sua persona e desenvolver sua própria estratégia de comunicação!

E, por falar em persona…

Antes de construir seu editorial, é importante saber com quem você está falando. Essa informação te ajudará a determinar o tom de voz do seu negócio, dias, horários e conteúdos certos para engajá-los!

Sugerimos que leia esse texto para entender melhor como construir uma persona. Em termos gerais, o conceito é simples! A partir das pessoas que já fecharam negócio ou demonstraram interesse pela sua empresa, você consegue determinar um padrão comportamental. Agora faça uma média disso tudo e terá sua persona!

Empresa com conteúdo!

Lembra do repertório que falamos acima? Agora está na hora de escolher o seu! A primeira coisa é pensar nos assuntos que permeiam seu produto. Além disso, saber a forma como ele se encaixa no cotidiano da sua persona também pode ser útil! Você pode ler nosso texto que aprofunda mais nesse aspecto, mas vamos explanar o conceito aqui também:

conteúdoPor exemplo, uma fábrica de colchões: que conteúdos ela poderia abordar? Esses foram alguns que vieram à nossa mente:

  • Hábitos que podem comprometer sua noite de sono;
  • Dicas para evitar dores na coluna;
  • Como escolher o travesseiro adequado para você;
  • Dicas de aplicativos para te tirar da cama sem estresse;

A ideia aqui é mostrar que uma empresa pode abordar muito mais do que somente a venda de um produto! Tente fazer esse exercício no seu negócio. Pode parecer irrelevante, mas isso traz uma série de benefícios para suas vendas!

Outro detalhe relevante para esse momento da construção do editorial é ter um blog! A ausência desse recurso te privará de uma ótima oportunidade de capturar seu público! Se você não puder ter um blog ainda, o próprio Facebook possui uma ótima alternativa.

Aproveite que está analisando essa opção e procure encontrar oportunidades para fazer co-branding! Esse é o nome que se dá a parcerias com outras empresas ou figuras públicas visando o crescimento de ambas! Nossa fábrica de colchões fictícia poderia chamar um médico especializado para falar sobre apneia do sono.

Quando e onde postar?

Além de escolher que tipos de conteúdos abordar, é importantíssimo saber escolher os momentos certos para postar. Assim como seu repertório propriamente dito, essa escolha também impactará diretamente no engajamento em em suas chances de venda!

Aqui também não há receita de bolo, visto que tudo depende do seu negócio e da sua persona. A primeira coisa que você precisa definir é o número de postagens por semana. O mínimo sugerido para garantir uma boa atividade é três postagens espalhadas ao longo da semana. Isso não impede que sua empresa extrapole, mas é importante espaçar bem!

real-timeQuanto a dias e horários, o Facebook e outras plataformas exibem gráficos que podem ajudar. Mas a curva apresentada costuma ser bem similar à de outras páginas. Portanto, ela não deve ser seu único parâmetro de escolha.

Em vez disso, considere aliar essa estatística ao padrão de comportamento que você construiu do seu consumidor! Isso te ajudará a entender que momentos do dia ou da semana são mais importantes. Depois disso é só escolher que assuntos encaixam melhor àquele dia e horário. Inclusive, esse texto aqui pode te ajudar a entender melhor o assunto!

Mas você não precisa estar online para postar nos dias e horários que definir. O próprio Facebook oferece a opção de agendamento (há serviços dedicados para outras plataformas também) para te ajudar! Mas é importante que, além do mínimo de três postagens por semana, você invista no real-time! São postagens em tempo real e espontâneas relacionadas ao que está acontecendo na sua empresa.

Precisa de ferramentas?

Na hora de investir em marketing digital em um negócio, um dos principais empecilhos para um empreendedor é o tempo. Numa rotina atarefada, fica difícil encontrar uma regularidade no tempo que permita manter seus canais atualizados. Com essas ferramentas de marketing, todavia, isso não será mais um problema!

Hubspot

ferramentas de marketing

O Hubspot é considerado, por muitos, a plataforma mais completa e robusta de marketing digital, mas o preço também acompanha a robustez (US$200/mês o plano mais básico). É uma das ferramentas de marketing mais conhecidas ao redor do mundo e é uma das precursoras do inbound marketing! Em seu leque de recursos, ele agrega criação de landing pages, nutrição de leads, gerenciamento de mídias sociais e campanhas de e-mail marketing.

RD Station

ferramentas de marketing

Dentre as principais soluções nacionais, a RD Station se destaca pela paridade de recursos com as gigantes internacionais. Além de contar com a maioria dos recursos de seus concorrentes, a RD Station possui profissionais dedicados a implantar a cultura do inbound marketing nas empresas clientes! Ele possui teste gratuito, dai para frente o plano mais básico custa R$249/mês e os preços vão até R$1299/mês

HootSuite

ferramentas de marketing

O HootSuite é uma das principais ferramentas de marketing no mundo voltada para a gestão de mídias sociais. Agendamento, interação, campanhas, análise e relatórios. Ele começa com um plano gratuito com funcionalidade limitada, bom para quem quer conhecer a plataforma. Depois disso, os planos pagos começam aos US$9/mês.

Scup

ferramentas de marketing

Com um foco pesado no monitoramento de marcas, o Scup é excelente para te informar sobre o que falam da sua empresa! Mas não se deixe enganar, ele também conta com agendamento, relatórios de desempenho e outras funções essenciais para gerenciar redes sociais.. Os planos iniciam a R$950, o que pode ser salgado para algumas empresas. Mas a ferramenta certamente vale o investimento!

Postgrain

Resultado de imagem para postgrain

O Postgrain, antigo Instamizer, é uma ferramenta de marketing focada no Instagram, mas também permite compartilhar seus conteúdos no Facebook e Twitter. Agende fotos vídeos e até Stories através de múltiplas contas como preferir! Além disso, ele conta com recursos avançados de automações. O Instamizer possui uma versão grátis que limita o número de postagens por mês e permite apenas uma conta. Para eliminar o limite, o plano mais barato é de R$19,90/mês e os seguintes alteram apenas o numero de contas!

Menções honrosas

Se as plataformas acima não atendem as suas necessidades por algum motivo, você não precisa se restringir a elas! O MailChimp (voltado a email marketing) e o Buffer (com foco em mídias sociais) são apenas alguns exemplos que podem te chamar atenção. Portanto, aproveite essa oportunidade para encontrar a plataforma ideal para seu negócio!

Arregace as mangas!

Com tudo dito, é hora de colocar a mão na massa! Nisso vale até usar o celular. Diga-se de passagem, há situações em que o smartphone é inclusive a melhor opção! Caso reste alguma dúvida, você pode se inscrever em nosso curso para aprender ainda mais!

, , ,

Confira também:

Menu